Notícias

Estudante-atleta da AAUM conquista título nacional universitário no ciclismo

 

A Aveiro Spring Classic recebeu no dia 27 de maio, o Campeonato Nacional Universitário de Ciclismo estrada. Mário Silva, da Associação Académica da Universidade do Minho, conquistou o título em disputa.

 

Na prova com 120kms em linha, Mário Silva conquistou a medalha de ouro com um tempo de 2h56m5s, relegando para 2º lugar, Xavier Margarido, da Associação Académica da Universidade de Aveiro, com mais 7m9s.

 

A medalha de bronze foi conquistada por Paulo Gasalho, também da Associação Académica da Universidade de Aveiro, com o tempo de 3h8m43s.

 

A Aveiro Spring Classic, com uma extensão de 120kms, contou ainda com diversos troços em terra e em pavé, acrescentando assim um grau de dificuldade à prova. O percurso da Aveiro Spring Classic atravessou os concelhos de Aveiro, Ílhavo e Vagos, numa extensão de cerca de 120 quilómetros e um acumulado aproximado de 656 metros.

 

Este ano o Campeonato Mundial Universitário de Ciclismo disputa-se em Portugal, na cidade de Braga, com a estrada a ser uma das variantes do programa competitivo. Este Campeonato Mundial Universitário vai disputar-se entre os dias 31 de julho e 4 de agosto.

 

O Campeonato Nacional Universitário de Ciclismo estrada disputou-se no dia 27 de maio, em Aveiro, integrada na Aveiro Spring Classic e contou com a organização local da Associação Académica da Universidade de Aveiro.

Lisboetas conquistam Campeonato Nacional Universitário de Tiro

 

Quatro estudantes-atletas de academias de Lisboa conquistaram a medalha de ouro no Campeonato Nacional Universitário de Tiro, que decorreu no dia 25 de maio, na carreira de tiro do Jamor.

 

Na variante de carabina, em femininos, Élia Capitão, da Associação de Estudantes do ISCAL, voltou a conquistar a medalha de ouro, enquanto Inês Reis, da Associação Académica da Universidade da Beira Interior, conquistou a prata. O 3º lugar foi alcançado por Diana Martins, da Associação de Estudantes do ISEP.

 

Em masculinos, Nuno Miranda, da Associação de Estudantes do ISEL, conquistou o lugar mais alto do pódio, enquanto Amaro Teixeira, da AAUBI, conquistou a medalha de prata. Filipe Dias, da Associação Académica da Universidade de Aveiro, conquistou o 3º lugar e a consequente medalha de bronze.

 

Na variante de pistola, Maria Saraiva, da Universidade Nova de Lisboa sagrou-se a campeã nacional universitária, relegando Carolina Gusmão, da Associação Académica da Universidade de Évora, para o 2º lugar e Francisca Araújo, da Associação de Estudantes do ISEP, para o 3º lugar do pódio.

 

Em masculinos, José Saraiva, da Universidade Nova de Lisboa, conquistou o topo da tabela, relegando João Caetano, da Associação Académica de Coimbra para a medalha de prata. Amaro Teixeira, da AAUBI, repetiu a presença no pódio, ao conquistar a medalha de bronze.

 

O Campeonato Nacional Universitário de Tiro integrou os Concentrados Individuais, que se disputaram em Lisboa. Os Campeonatos Nacionais Universitários – Concentrados Individuais decorrem entre os dias 20 e 27 de maio, em Lisboa, com organização local da Associação Desportiva do Ensino Superior de Lisboa (ADESL), da Federação Académica de Lisboa (FAL) e da Universidade Nova de Lisboa.

Bernardo Atilano e Mariana Chang conquistam Nacional Universitário de Badminton

 

Mariana Chang, da Universidade Nova de Lisboa, em femininos e Bernardo Atilano, da Universidade de Lisboa, em masculinos, foram os vencedores do Campeonato Nacional Universitário de Badminton que decorreu no dia 24 de maio, no Estádio Universitário de Lisboa.

 

Em femininos, Mariana Chang derrotou Joana Lopes, da Universidade de Lisboa, pelos parciais de 21/18, 12/21 e 21/16, conquistando assim a medalha de ouro. No encontro de atribuição da medalha de bronze, Inês Lorga, da Universidade do Porto, venceu Elvira Rocha, da Associação Académica da Universidade de Aveiro, por 21/11 e 21/8.

 

 

Em masculinos, Bernardo Atilano, da Universidade de Lisboa, renovou o título nacional universitário, ao vencer na final, Rúben Vieira, da Associação Académica da Universidade do Minho, pelos parciais de 21/15 e 21/18. No apuramento da medalha de bronze, Marcelo Ribeiro, da Associação Académica de Coimbra, venceu o colega de clube, Rui Mendes, por 16/21, 23/21 e 21/19.

 

Neste Campeonato Nacional Universitário de Badminton participaram os dois estudantes-atletas que, em Agosto do ano passado, representaram Portugal na missão Ganhar o Futuro, na Universíada de Taipé.

 

O Campeonato Nacional Universitário de Badminton foi uma das provas que integrou os Campeonatos Nacionais Universitários – Concentrados Individuais. Os Campeonatos Nacionais Universitários – Concentrados Individuais decorreram entre os dias 20 e 27 de maio, em Lisboa, com organização local da Associação Desportiva do Ensino Superior de Lisboa (ADESL), da Federação Académica de Lisboa (FAL) e da Universidade Nova de Lisboa.

 

Estudantes-atletas do Porto conquistam títulos nacionais universitários no Ténis de Mesa

 

Os estudantes-atletas do Porto estiveram em destaque no Campeonato Nacional Universitário de Ténis de Mesa, que decorreu no dia 23 de maio, no Estádio Universitário de Lisboa, integrado nos Campeonatos Nacionais Universitários – Concentrados Individuais.

 

Em femininos, Alexandra Pisco, da Associação de Estudantes do Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto, conquistou a medalha de ouro, ao derrotar Raquel Andrade, da Universidade do Porto, no encontro decisivo. A medalha de bronze foi conquistada por Sara Rocha, da Associação Académica da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro.

 

 

Em masculinos, a Universidade do Porto dominou o pódio, com Jorge Costa a conquistar a medalha de ouro, ao derrotar no encontro decisivo, João Neves. No encontro de apuramento da medalha de bronze, Gonçalo Amorim levou a melhor, levando assim a academia do Porto a conquistar os três primeiros lugares.

 

O Campeonato Nacional Universitário de Ténis de Mesa decorreu no Estádio Universitário de Lisboa, tendo contado com a visita do presidente da Federação Portuguesa de Ténis de Mesa, Pedro Miguel Moura.

 

 

Os Campeonatos Nacionais Universitários – Concentrados Individuais decorrem entre os dias 20 e 27 de maio, em Lisboa, com organização local da Associação Desportiva do Ensino Superior de Lisboa (ADESL), da Federação Académica de Lisboa (FAL) e da Universidade Nova de Lisboa.

Artur Completo e Mariana Oliveira conquistam títulos universitários de ténis

 

O ténis foi a segunda modalidade a entrar em prova nos Campeonatos Nacionais Universitários – Concentrados Individuais. Mariana Oliveira, em femininos e Artur Completo, em masculinos, foram os vencedores do título nacional universitário.

 

Em femininos, Mariana Oliveira, da Universidade Nova de Lisboa, venceu na final, Laura Silva, também da Universidade Nova de Lisboa, pelos parciais de 6/2 e 6/1. No encontro de atribuição da medalha de bronze, Francisca Vieira, da Universidade do Porto, derrotou Madalena dos Santos, da Associação de Estudantes do Instituto Superior Técnico, por 6/2.

 

Em masculinos, Artur Completo conquistou a medalha de ouro ao vencer na final,  Samuel Cabanas, da Academia da Força Aérea, por 6/0 e 6/3.  No encontro de atribuição do 3º lugar, Manuel Almeida, da Universidade do Porto, venceu Pedro Estevão, da Universidade Nova de Lisboa, por 6/2.

 

 

O Campeonato Nacional Universitário de Ténis contou com meia centena de estudantes-atletas, tendo decorrido nos court’s do Estádio Universitário de Lisboa, com a competição masculina a disputar-se em piso rápido e a competição feminina em relva sintética.  

 

Os Campeonatos Nacionais Universitários – Concentrados Individuais decorrem entre os dias 20 e 27 de maio, em Lisboa, com organização local da Associação Desportiva do Ensino Superior de Lisboa (ADESL), da Federação Académica de Lisboa (FAL) e da Universidade Nova de Lisboa.

Catarina Nunes e Jorge Monteiro renovam títulos nacionais universitários de squash

 

 

Catarina Nunes, em femininos e Jorge Monteiro, em masculinos, são os vencedores do Campeonato Nacional Universitário de Squash, que decorreu na Segunda-feira, 14 de maio, em Aveiro, renovando ambos o título conquistado na temporada anterior.

 

A estudante-atleta da Universidade do Porto conquistou o lugar mais alto do pódio ao vencer todos os encontros do seu grupo por 2-0, superiorizando-se assim a todas as adversárias. A medalha de prata foi conquistada por Alexandra Santos, da Associação de Estudantes da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra e a medalha de bronze foi alcançada por Iara Gonçalves, da Associação Académica de Coimbra.

 

Em masculinos, só Jorge Monteiro se conseguiu superiorizar aos estudantes-atletas da Universidade do Porto. O atleta de Aveiro venceu na final Tiago Dias Leite, U. Porto, por 3-0, conquistando assim o ouro universitário pelo segundo ano consecutivo, à semelhança do torneio feminino.

 

No encontro de atribuição da medalha de bronze, Francisco Costa, da Universidade do Porto, venceu o seu colega de clube, Carlos Silva, por 3-2, conquistando assim o lugar no pódio.

 

O Campeonato Nacional Universitário de Squash decorreu no dia 14 de maio, em Aveiro e contou com a organização local da Associação Académica da Universidade de Aveiro.

José Duro e Inês Viana conquistam Nacional Universitário de Tiro com Arco

 

O Campeonato Nacional Universitário de Tiro com Arco outdoor, encerrou a semana de Campeonatos Nacionais Universitários – Concentrados Individuais. José Duro, da Associação Académica da Universidade de Trás-os-Montes e Liliya Dubyey, da Universidade Nova de Lisboa, conquistaram a medalha de ouro.

 

Na variante de recurvo, em masculinos, José Duro, da Associação Académica da UTAD, venceu na final, Diogo Pereira, da Universidade Nova de Lisboa, por 6-4. No encontro de apuramento da medalha de bronze, Bernardo Rodrigues, também da Universidade Nova de Lisboa, venceu Edgar Fonte, do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, por 6-5, conquistando assim um lugar no pódio.

 

Em compound, Henrique Avelar, da Associação de Estudantes do Instituto Superior Técnico, venceu Carlos Melo, da NOVA, por 148-133, enquanto António Santos, também da NOVA, conquistou a medalha de bronze, ao vencer o seu colega de clube, Eduardo Silva, por 130-126.

 

Em femininos, na variante de recurvo, Liliya Dubyey, da Universidade Nova de Lisboa, renovou o título nacional universitário, ao vencer na final Raquel Domingues, sua colega de clube, por 7-3. Na disputa pela medalha de bronze, Inês Cunha, da Associação Académica da Universidade Lusíada de Lisboa, venceu Filipa Viana, do Politécnico do Porto, por 6-0.

 

O Campeonato Nacional Universitário de Tiro com Arco outdoor encerrou os Campeonatos Nacionais Universitários – Concentrados Individuais, que decorreram entre os dias 20 e 27 de maio, em Lisboa, com organização local da Associação Desportiva do Ensino Superior de Lisboa (ADESL), da Federação Académica de Lisboa (FAL) e da Universidade Nova de Lisboa.

 

"Cidade-berço" recebe Fases Finais dos Campeonatos Nacionais Universitários em 2019

 

 

Guimarães vai ser a cidade anfitriã das Fases Finais dos Campeonatos Nacionais Universitários em 2019, sucedendo assim à cidade de Aveiro. A candidatura da Associação Académica da Universidade do Minho foi a escolhida pela Federação Académica do Desporto Universitário para receber a maior competição nacional do desporto universitário.

 

O “dossier” liderado pela Associação Académica da Universidade do Minho, com o apoio da Universidade do Minho e da Câmara Municipal de Guimarães, conquistou assim a organização deste evento, que reúne durante duas semanas mais de dois mil estudantes-atletas.

 

A candidatura engloba as modalidades obrigatórias: Andebol, Voleibol, Basquetebol, Futsal e Rugby e ainda as modalidades opcionais, que serão o Hóquei em Patins e a Ginástica Artística.

 

Para a Federação Académica do Desporto Universitário, os principais pontos fortes desta candidatura são, “o histórico de excelência da AAUM na organização desportiva universitária, bem como o comprometimento de todas as entidades envolvidas na organização”.

 

 

Esta é a primeira vez que uma candidatura liderada pela AAUM integra apenas um concelho, neste caso Guimarães, e terá também uma forte preocupação ambiental, com a constituição de um Conselho Verde para as Fases Finais, integrado no projeto Guimarães mais verde, lançado pelo município local.

 

Na apresentação da candidatura, Domingos Bragança, presidente da Câmara Municipal de Guimarães, realçou que a cidade foi “Cidade Europeia do Desporto em 2013 e temos importantes dinâmicas associativas na área desportiva”, mostrando assim a confiança no município para albergar um evento com esta dimensão.

 

Esta será a oitava vez que a Associação Académica da Universidade do Minho vai receber as Fases Finais dos Campeonatos Nacionais Universitários, depois da última edição ter sido em 2015.

 

As Fases Finais dos Campeonatos Nacionais Universitários – Guimarães 2019 têm já assegurada a transmissão televisiva de três finais, através do Porto Canal, parceiro de média da FADU.

 

Portugal “afirmou” em Madrid a dinâmica do seu Desporto Universitário na Europa

 

A Federação Académica do Desporto Universitário marcou presença na Assembleia Geral e na Gala da Associação Europeia do Desporto Universitário, nos dias 12, 13 e 14 de abril, em Madrid, Espanha. A participação portuguesa no Desporto Universitário europeu voltou a estar em destaque, com a FADU a receber o galardão de Federação Mais Ativa da Europa e com a Associação Académica da Universidade do Minho/Universidade do Minho a receberem o galardão de Universidade Mais Ativa da Europa.

 

Daniel Monteiro, presidente da FADU, Nuno Reis, presidente da AAUM e Rui Vieira de Castro, reitor da Universidade do Minho, subiram ao palco da Universidade Camilo José Cela, para receberem os galardões de federação e universidade mais ativas da europa, respetivamente.

 

A Associação Académica da Universidade do Minho/Universidade do Minho foi a instituição que conquistou maior número de pontos no que toca ao número de equipas e ao número de atletas em eventos europeus universitários, conquistando assim este galardão.

 

 

A par da conquista da Universidade do Minho, no top10 das instituições com mais participantes, cinco são portuguesas: AAUM/UM, U.Porto, AAC/UC, P.Porto e AAUAv/U.Aveiro.

 

Já a Federação Académica do Desporto Universitário conquistou pela quarta vez o galardão de Federação Mais Ativa da Europa, graças à organização de quatro campeonatos europeus universitários (Futebol, Judo, Karaté e Taekwondo), da gala e da conferência, mas também devido à participação em 17 modalidades, com mais de 470 estudantes-atletas em campeonatos europeus universitários.

 

Portugal foi assim o país mais ativo, ficando ainda em 2º lugar no que toca à participação em maior número de modalidades, bem como tendo conquistado o 5º lugar no ranking de federações com melhores resultados desportivos, num lote de 42.

 

FADU em destaque no Diálogo Estratégico FISU-EUSA

 

 

A Federação Académica do Desporto Universitário teve também um papel de destaque no Diálogo Estratégico entre a FISU e a EUSA, um evento paralelo que encerrou os três dias de trabalhos.

 

Daniel Monteiro, presidente da FADU, participou no painel “Sistemas Europeus do Desporto Universitário”, onde explicou o modelo misto de organização português, bem como o formato competitivo da atividade nacional da FADU.

 

A par disso, o presidente da FADU mostrou ainda a evolução do Desporto Universitário português, tendo em conta a aposta no mediatismo e na comunicação dos feitos dos estudantes-atletas e dos clubes, bem como da atividade do Desporto Universitário para o sistema desportivo nacional, numa intervenção que mereceu elogios dos presentes.

 

Neste diálogo estratégico entre a Federação Internacional do Desporto Universitário e a associação europeia, estiveram presentes o presidente da FISU, Oleg Matytsin e o presidente da EUSA, Adam Roczek, bem como reitor da Universidade Camilo José Cela, Miguel Angel Perez.

 

Neste evento paralelo foi ainda assinado um memorando de entendimento entre a FISU e a EUSA, por forma a fomentar uma maior cooperação entre as duas estruturas.

 

AG aprova entrada do Kosovo

 

 

Na Assembleia-Geral da EUSA, os eventos internacionais promovidos em Portugal foram alvo de elogios por parte do diretor desportivo da EUSA, Besim Aliti.

 

Também na Assembleia-Geral, onde marcaram presença o presidente da FISU, o presidente do Comité Olímpico Europeu e uma representante da Comissão Europeia, foi votada a integração do Kosovo na Associação Europeia do Desporto Universitário.

 

Ainda na AG foram anunciadas as cidades que vão receber os Jogos Europeus Universitários de 2022, que serão em Lodz, na Polónia e os Jogos Europeus Universitários de 2024, que serão em Miskolc e Debrecen, na Hungria.

 

O evento terminou com a apresentação da Estratégia da EUSA, do Plano de Atividades e do Orçamento, documentos esses que foram aprovados pelas federações presentes.

 

Seminário apresentou “andamento” dos Jogos Europeus Universitários

 

 

No primeiro dia de trabalhos decorreu o Seminário da Associação Europeia do Desporto Universitário, onde a FADU e o Comité Organizador dos Jogos Europeus Universitários apresentaram o relatório de preparação daquele que será o maior evento multidesportivo realizado em Portugal.

 

O presidente da FADU, Daniel Monteiro e o presidente do Comité Organizador, Mário Santos, apresentaram o relatório sobre o progresso da organização, a pouco mais de dois meses do evento.

 

Neste seminário ficaram-se ainda a conhecer as organização dos Jogos Europeus Universitários de 2020, em Belgrado, na Sérvia, bem como as candidaturas aos Jogos de 2022 e 2024, que foram atribuídas no dia seguinte na Assembleia-Geral.

 

A comitiva portuguesa nesta Assembleia-Geral e Gala da EUSA integrou o presidente da FADU, Daniel Monteiro, o vice-presidente da FADU, Francisco Duarte, o Secretário-Geral, Manuel Veloso, o reitor da Universidade do Minho, Rui Vieira de Castro, o presidente da Associação Académica da Universidade do Minho, Nuno Reis, os representantes dos serviços de ação social da Universidade do Minho, Carlos Videira e Fernando Parente, o presidente da Federação Académica do Porto, João Pedro Videira, o membro-honorário da EUSA, Filipe Santos, e ainda o presidente da Federação Portuguesa de Ténis de Mesa, Pedro Miguel Moura, como representante da Federação Europeia de Ténis de Mesa e o diretor do CDUP, Bruno Almeida, como representante da Rede Europeia de Serviços Desportivos Universitários.

Judo abre competição nos Concentrados Individuais em Lisboa

 

O judo foi a modalidade que abriu os Campeonatos Nacionais Universitários – Concentrados Individuais, que decorrem até 27 de maio, em Lisboa. Para além do judo, os títulos de Ténis, Ténis de Mesa, Badminton, Tiro, Atletismo Ar Livre e Tiro com Arco Ar Livre também vão estar “em jogo” ao longo dos dias. A Associação Académica de Coimbra conquistou o troféu coletivo na competição. 

 

Em <52kg femininos, Patrícia Matias, da Associação de Estudantes da Faculdade de Motricidade Humana, conquistou o topo do pódio. Já em <57kg femininos, Sofia Cardoso, da Associação Académica de Coimbra, conquistou o título nacional universitário e Dina Raimundo, da Associação Académica da Universidade da Beira Interior, conquistou a medalha de prata.

 

Em <63kg femininos, Joana Fernandes, da Associação de Estudantes da Escola Superior te Tecnologia da Saúda de Coimbra, conquistou o 1º lugar, com Ana Neves, da Associação de Estudantes do ISCTE, a conquistar o 2º lugar e Joana Carvalho, da Associação Académica da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, a conquistar o bronze.

 

Em <70kg femininos, Rita Gama, da Associação Académica de Coimbra, conquistou a medalha de ouro.

 

Na categoria de >70kg feminina, Mariana Milheiro, do Instituto Politécnico de Castelo Branco, conquistou o ouro e Filipa Sousa, da Associação de Estudantes do ISCAC, conquistou a medalha de prata.

 

Nos <60kg, Rodrigo Lopes, da Associação de Estudantes da Faculdade de Medicina de Lisboa, conquistou o lugar mais alto do pódio, com Emanuel Martins, da Associação Académica da Universidade de Aveiro, a ficar em 2º lugar e Bernardo Oliveira, da Associação Académica de Coimbra, a conquistar o 3º lugar.

 

 

Na categoria de <66kg, Carlos Carvalho, da Universidade do Porto, conquistou o ouro, relegando Magnos Nhanco, da Associação de Estudantes do ISEG, para a medalha de prata e João Serrasqueiro, do Instituto Politécnico de Castelo Branco e André Bizarro, da Associação Académica da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, para as medalhas de bronze.

 

Em <73kgs, David Reis, da Associação de Estudantes da Faculdade de Medicina Veterinária, venceu a medalha de ouro, com Pedro Guarinho, da Associação Académica da Universidade Lusófona de Lisboa, a conquistar a prata. O bronze foi conquistado por Nuno Dias, da U. Porto e por Hugo Lóio, da AEIST.

 

Em <81kg, Antoine Massart, da Associação de Estudantes do ISEC, conquistou a medalha de ouro e João Soares, da Associação Académica de Coimbra, a medalha de prata. Os bronzes atribuídos foram para Pedro Horta, da Associação de Estudantes da Faculdade de Arquitectura da Universidade de Lisboa e para Eduardo Silva, da Associação de Estudantes do ISEG.

 

Nos <90kg, Tomás Fernandes, da Associação de Estudantes da Faculdade de Ciências de Lisboa, garantiu o título nacional universitário, enquanto Carlos Figueiredo, da Associação de Estudantes do ISEP, conquistou o 2º lugar. Gil Reis, da Universidade do Porto e Francisco Ribeiro, da Associação de Estudantes do Instituto Superior Técnico, conquistaram o bronze.

 

Em >90kg, Pedro Silva, da AEIST, conquistou a medalha de ouro, com Miguel Rodrigues da Associação de Estudantes do ISCAL a conquistar a prata. A medalha de bronze foi ganha por Lucas Pereira, da Associação Académica da Universidade do Minho.

 

Com todos os resultados individuais, foi a Associação Académica de Coimbra a conquistar o troféu coletivo.

 

Os Campeonatos Nacionais Universitários – Concentrados Individuais decorrem entre os dias 20 e 27 de maio, em Lisboa, com organização local da Associação Desportiva do Ensino Superior de Lisboa (ADESL), da Federação Académica de Lisboa (FAL) e da Universidade Nova de Lisboa.

 

FADU participa em encontro da Plataforma de Desporto Federado

 

A Federação Académica do Desporto Universitário participou, através do seu presidente, Daniel Monteiro, na reunião da Plataforma de Desporto Federado que decorreu na Sexta-feira, 18 de maio, na Faculdade de Motricidade Humana.

 

26 federações desportivas estiveram reunidas no sentido de encontrar “os principais pontos de convergência que unem as federações desportivas no diagnóstico da situação e na visão comum para o Desporto no nosso país”, indo elaborar um documento orientador, com a participação das 56 federações desportivas com utilidade pública desportiva.

 

A par deste documento orientador, ficou ainda definida a organização de um Congresso do Desporto Federado, a realizar na Cidade do Futebol, no Jamor, nos dias 15 ou 20 de setembro. Este Congresso do Desporto Federado será um dos momentos altos desta plataforma, que pretende colocar o desporto na agenda do país junto das entidades oficiais.

 

As federações presentes aprovaram por unanimidade as seis grandes linhas orientadoras do desporto português: afirmação do desporto no quadro social, económico, politico e cultural; representatividade e organização; autonomia das organizações desportivas; sistema desportivo; alto rendimento e recursos humanos.

 

O encontro, que decorreu na Faculdade de Motricidade Humana, contou com a presença do Presidente da instituição, José Alves Dinis.

 

A FADU faz parte do grupo de nove federações fundadoras desta Plataforma do Desporto Federado, tendo participado desde a sua génese na definição das linhas orientadoras e na preparação dos momentos de afirmação das federações desportivas envolvidas.

 

Para além da FADU, as federações fundadoras são a Federação de Ginástica de Portugal, a Federação de Triatlo de Portugal, a Federação Portuguesa de Atletismo, a Federação Portuguesa de Canoagem, a Federação Portuguesa de Ciclismo, a Federação Portuguesa de Judo, a Federação Portuguesa de Natação e a Federação Portuguesa de Ténis de Mesa.

 

AAUM conquista Campeonato Nacional Universitário no Kickboxing

 

 

A Associação Académica da Universidade do Minho conquistou, por equipas, o Campeonato Nacional Universitário de Kickboxing, depois de se terem concluído as vertentes de Lowkick e Lightkick.

 

A vertente de Lowkick decorreu em Braga, no dia 13 de maio, com a academia do Minho a conquistar nove medalhas e a obter a pontuação mais alta, que ajudou a garantir a vitória no troféu coletivo.

 

A nível individual, em <55kg, Liliana Gonçalves Mendes, do Instituto Politécnico da Guarda, conquistou a medalha de ouro, com Rita Novas, da AAUM a conquistar a prata e Francisca Cardoso, do Instituto Politécnico de Santarém, a conquistar o bronze.

 

Em <65kg, também em femininos, Sofia Oliveira, da AAUM, garantiu o lugar mais alto do pódio, enquanto Laura Rosa, da Associação Académica da Universidade de Évora, conquistou a medalha de prata.

 

Em masculinos, em <63,5kg, Pedro Ferreira, da Academia da Força Aérea, conquistou o ouro, com João Barbosa, da Universidade do Porto, a ficar com o 2º lugar. Em <67kg, Jaime Ferreira, de Évora, ficou no lugar cimeiro da tabela, com Garik Hayrapetyan, da AAUM, a ficar no 2º lugar e Gonçalo Reis Dias, da U. Porto, a ficar com o 3º posto.

 

Em <71kg, Vitor Ribeiro e Rui Martins, ambos da Associação Académica da Universidade do Minho, conquistaram o 1º e 2º lugar, respetivamente, com Diogo Aparicio, da U.Porto, a intrometer-se na luta e a conquistar o 3º lugar.

 

Em <75kg, domínio da Associação Académica da Escola Naval Infante D. Henrique, com a medalha de ouro a ser garantida por Sérgio Almeida e a medalha de prata por Gonçalo Jesus. Em <81kg, Jorge Valério, da Força Aérea, conquistou o ouro, com Ricardo Guerra Leal, da AAUM, a garantir o 2º lugar e Adilson Rodrigues (Associação Académica da Universidade da Beira Interior) e Rui Vieira (AAUM) a ficarem com as medalhas de bronze.

 

Por fim, Tomás Silva, da Universidade do Porto, subiu ao lugar mais alto do pódio, enquanto Vadym Hapanchak, da AAUM, ficou-se pelo 2º posto e Gustavo Mateus, da academia de Évora, ficou com a medalha de bronze.

 

Assim, nas contas para o coletivo, a AAUM conseguiu segurar o 1º lugar, adicionando mais 20 pontos aos 43 conquistados no Lightkick, enquanto a Universidade do Porto manteve também o 2º lugar, ao somar mais quatro pontos. Apesar de não ter somado pontos nesta etapa, fruto da pontuação conquistada no lightkick, a Associação Académica da Universidade da Beira Interior conseguiu também segurar o 3º lugar.

 

O Campeonato Nacional de Kickboxing Lowkick decorreu no dia 13 de maio, em Braga, e contou com a organização local da Associação Académica da Universidade do Minho.   

 

Apoios Institucionais

Governo Português
IPDJ

Patrocionador Principal

Jogos Santa Casa

Parceiros

COSMOS
CISION

Membro

FISU
EUSA
COP
CPP
CDP
CNJ
FADU

Avenida Professor Egas Moniz
Estádio Universitário de Lisboa, Pavilhão nº1
1600-190 - Lisboa

e: fadu@fadu.pt
t: (+351) 21 781 81 60
f: (+351) 21 781 81 61

Newsletters

Social

ptenfr

FADU - Todos os Direitos Reservados © 2015
Desenvolvido por Drop Agency

Este website utiliza cookies que permitem melhorar a sua navegação. Ao continuar a navegar, está a concordar com a sua utilização. O que são Cookies?