‘Estão a ser umas fases finais com um elevado nível de competitividade’

 

 

As fases finais dos Campeonatos Nacionais Universitários 2019 estão quase a chegar ao fim. Esta sexta-feira o ouro será entregue em seis modalidades: futebol, hóquei em patins, basquetebol feminino, voleibol masculino, andebol masculino e futsal feminino. Antes de apurar os últimos campeões nacionais universitários das fases finais falamos com o presidente da Federação Académica do Desporto Universitário (FADU), Daniel Monteiro, que nos fez um balanço dos dias intensos vividos até ao momento em Guimarães.

 

Que balanço faz, até agora, desta edição das fases finais dos Campeonatos Nacionais Universitários 2019?

Daniel Monteiro (DM) – Estão a ser umas fases finais e há um elevado nível de competitividade, como bem mostraram as finais que já aconteceram na última sexta-feira. A juntar a esse nível de competitividade temos tido sempre presente o espírito de fairplay que se pede em todas as competições desportivas e também a preocupação ambiental e social, com os atletas a aderir com naturalidade às iniciativas levadas a cabo no âmbito do Plano de Sustentabilidade. Até ao momento o balanço é muito positivo e tenho a certeza de que, depois do dia dez de maio, todos os envolvidos na competição estarão satisfeitos por terem feito parte desta edição.

 

Guimarães recebe, sozinha e pela segunda vez, as fases finais. A cidade acolhe o evento da melhor forma?

DM – Claro que sim. Desde o primeiro momento tivemos o apoio e entusiasmo das entidades locais, nomeadamente da Universidade do Minho, da Associação Académica da Universidade do Minho e da Câmara Municipal de Guimarães, que se disponibilizaram para ajudar a resolver todo o tipo de situações. A cidade veio também ao encontro da nossa preocupação ecológica uma vez que tem em prática o programa Guimarães Mais Verde. Fez todo o sentido esta escolha e toda a envolvência da cidade permitirá formar muito boas memórias dos dias aqui passados.

 

Os CNU 2019 são a primeira prova multidesportiva após a aprovação do estatuto estudante-atleta. Considera esta medida decisiva para o futuro dos estudantes que praticam desporto a nível profissional?

DM – A aprovação do estatuto de estudante atleta veio concretizar um desejo antigo da FADU no sentido de valorizar as carreiras duais e incentivar a prática desportiva no ensino superior. Este estatuto vem proporcionar melhores condições pedagógicas aos estudantes que praticam desporto quer nos quadros competitivos a nível universitário quer no das federações das respetivas modalidades, através de um quadro regulamentar que terá de ser implementado em cada uma das instituições de ensino superior e no qual a FADU pretende envolver-se, incentivando monitorizações e avaliações periódicas, de modo a garantir o seu sucesso e potenciar o seu impacto. E portanto, sim, é uma medida de extrema importância.

 

Que mensagem deixaria a todos os que estão a dar o seu contributo na competição?

DM – A todos os envolvidos na organização destas fases finais agradeço e enalteço o compromisso e bom trabalho realizado até aqui, que mantenham o nível de exigência nesta reta final, sejam eles membros da comissão organizadora local, voluntários, árbitros e juízes, médicos, fisioterapeutas ou técnicos desportivos. A todos os clubes, atletas e oficiais, desejo que aproveitem ao máximo esta reta final das fases finais e que possam continuar a ser verdadeiros embaixadores do desporto universitário.

e-max.it: your social media marketing partner
 

Apoios Institucionais

Governo Português
IPDJ

Patrocionador Principal

Jogos Santa Casa

Parceiros

COSMOS
CISION

Membro

FISU
EUSA
COP
CPP
CDP
CNJ
FADU

Avenida Professor Egas Moniz
Estádio Universitário de Lisboa, Pavilhão nº1
1600-190 - Lisboa

e: fadu@fadu.pt
t: (+351) 21 781 81 60
f: (+351) 21 781 81 61

Newsletters

Social

ptenfr

FADU - Todos os Direitos Reservados © 2015
Desenvolvido por Drop Agency

Este website utiliza cookies que permitem melhorar a sua navegação. Ao continuar a navegar, está a concordar com a sua utilização. O que são Cookies?