FADU congratula-se com criação do estatuto do estudante-atleta

 

O estatuto do estudante-atleta, aprovado pelo Conselho de Ministros a 24 de janeiro, foi esta quarta-feira publicado em Diário da República. Este era um desejo antigo da Federação Académica do Desporto Universitário, que reivindicava melhorias que possibilitem a massificação da prática desportiva no ensino superior.

 

O presidente da Federação Académica do Desporto Universitário, Daniel Monteiro, mostrou-se satisfeito com a publicação do novo decreto-lei. ‘A aprovação do estatuto do estudante-atleta representa um enorme passo quanto à valorização, promoção e incentivo dados à prática desportiva, conciliada com a frequência do ensino superior, o qual, estou em crer, terá impacto direto no desenvolvimento, não só, do desporto universitário, como do desporto nacional em geral, no que respeita ao número de jovens atletas a prosseguir os estudos no ensino superior sem abdicar da vida de atleta’, referiu. ‘O diploma estimula a que exista uma maior aproximação e colaboração entre as federações desportivas, os clubes e as instituições de ensino superior, numa vontade alargada tanto do sistema desportivo como do ensino superior em oferecer melhores condições a todos os jovens que desejam conciliar com sucesso a prática desportiva com a vida académica’.

 

Apesar dos importantes avanços, Daniel Monteiro alerta que ‘a implementação do diploma deverá merecer uma monitorização e avaliação periódicas por parte do Estado, em colaboração com a FADU, restantes federações desportivas nacionais e instituições de ensino superior, para que a abrangência da Lei que o legislador pretendeu introduzir não resulte, com o passar dos anos, numa banalização do acesso ao estatuto que acabe por desvalorizar o seu impacto’.

 

De referir que o diploma em questão trouxe mudanças ao nível da relevação de faltas, do acesso a épocas especiais de exames, do adiamento da entrega e apresentação de trabalhos e dos períodos de avaliação quando estes coincidirem com competições desportivas. O decreto-lei admite a escolha de turmas e horários que sejam mais adequados à conciliação com a atividade desportiva e permite a uniformização de condições, a nível nacional. As alterações trazidas pelo novo estatuto serão aplicadas já no próximo ano letivo.

e-max.it: your social media marketing partner
 

Apoios Institucionais

Governo Português
IPDJ

Patrocionador Principal

Jogos Santa Casa

Parceiros

COSMOS
CISION

Membro

FISU
EUSA
COP
CPP
CDP
CNJ
FADU

Avenida Professor Egas Moniz
Estádio Universitário de Lisboa, Pavilhão nº1
1600-190 - Lisboa

e: fadu@fadu.pt
t: (+351) 21 781 81 60
f: (+351) 21 781 81 61

Newsletters

Social

ptenfr

FADU - Todos os Direitos Reservados © 2015
Desenvolvido por Drop Agency

Este website utiliza cookies que permitem melhorar a sua navegação. Ao continuar a navegar, está a concordar com a sua utilização. O que são Cookies?