Fedyuk e Sabugueiro com dupla vitória na Escalada

 

O Politécnico do Porto (IPP) liderou os quatro pódios das provas de Escalada Dificuldade e Velocidade com os seus estudantes-atletas Olha Fedyuk e João Dias Sabugueiro a superarem os seus adversários nas vertentes feminina e masculina, respetivamente. Já o troféu coletivo foi conquistado novamente pela Associação Académica da Universidade do Minho (AAUM).

 

Olha Fedyuk renovou os títulos de campeã nacional universitária na modalidade, mas ao contrário da época anterior, não conseguiu fazer o pleno. Na prova de Velocidade, foi, entre as seis participantes – das quais cinco eram da AAUM –, quem melhor tempo conseguiu nas várias fases de apuramento, nunca chegando aos 29’’00.

 

Rita Silva e Vânia Sousa não conseguiram apurar-se para as meias-finais, sendo as primeiras estudantes-atletas a saírem da competição e terminando em 6º e 5º lugar, respetivamente. Na meia-final, Maria Manoli, que já vinha fazendo o 2º melhor tempo, manteve-se assim e conquistou a medalha de prata. Já Rosa Brito e Juliana Barros disputaram o 3º lugar e uma diferença mínima separou Rosa (45’’53) de Juliana (45’’74).

 

 

Em Dificuldade, a Universidade do Porto (U.Porto) participou com duas estudantes-atletas e conquistou uma medalha de bronze. No pódio liderado por Olha Fedyuk, Rosa Brito foi a 2ª classificada ao superar o desempenho de Alice Moroni que, levou assim uma medalha para a cidade invicta.

 

No masculino, 20 estudantes-atletas competiram naquela que foi uma disputa renhida pelo melhor tempo e pela conquista do ouro. Foi João Sabugueiro quem conseguiu o feito, retirando o título a Cédric Figueiredo, da AAUM, que não participou na prova. O estudante-atleta do IPP obteve o melhor tempo nas primeiras fases, mas nos quartos-de-final e meia-final foi J. Pedro Monteiro (AAUM) quem chegou ao topo mais depressa. Os resultados de ambos colocaram-nos na final, onde J. Pedro Monteiro sofreu uma queda durante a prova e João Sabugueiro conquistou o ouro com 14’’76. O bronze foi para José Pinto, da Universidade Nova de Lisboa (NOVA) (18’’79).

 

Na prova de Dificuldade, foram necessárias quatro fases para apurar os grandes vencedores. Aos poucos, dos 21 participantes, sobraram os nove finalistas. João Sabugueiro e Manuel Carvalho (U.Porto) foram os únicos que conseguiram chegar ao topo, o que os levou à finalíssima, onde João Sabugueiro superou o adversário. Estava assim assegurada a renovação do título de Sabugueiro e mais uma medalha para a U.Porto. O bronze foi para José Pinto da NOVA, que obteve melhor pontuação que os restantes seis finalistas.

 

 

As contas coletivas ficaram resolvidas com a AAUM a conquistar 301 pontos, mais 21 que o IPP e a U.Porto. O IPP venceu no primeiro critério de desempate e conquistou assim o troféu coletivo de vice-campeão nacional universitário de Escalada.

 

Os Campeonatos Nacionais Universitários de Escalada Dificuldade e Velocidade decorreram nos passados dia 28 e 29 de maio, em Braga, inseridos no programa dos Concentrados individuais.

 

 

e-max.it: your social media marketing partner
 

Apoios Institucionais

Governo Português
IPDJ

Patrocionador Principal

Jogos Santa Casa

Parceiros

COSMOS
CISION

Membro

FISU
EUSA
COP
CPP
CDP
CNJ
FADU

Avenida Professor Egas Moniz
Estádio Universitário de Lisboa, Pavilhão nº1
1600-190 - Lisboa

e: fadu@fadu.pt
t: (+351) 21 781 81 60
f: (+351) 21 781 81 61

Newsletters

Social

ptenfr

FADU - Todos os Direitos Reservados © 2015
Desenvolvido por Drop Agency

Este website utiliza cookies que permitem melhorar a sua navegação. Ao continuar a navegar, está a concordar com a sua utilização. O que são Cookies?