Mesa Redonda: Importância do Estatuto Estudante Atleta na sua dinamização



No contexto dos Campeonatos Nacionais Universitários de Equipas 2014/2015, a FADU organizou, em parceria com a Associação Académica da Universidade de Aveiro, uma Mesa Redonda sobre o tema “Desporto para Todos - projetos de promoção da prática desportiva e importância do Estatuto Estudante Atleta na sua dinamização”.

O evento, que decorreu no Auditório da Casa do Estudante, em Aveiro, contou com 3 ilustres oradores moderados por Paulo Figueira, Presidente da Mesa da Assembleia Geral da FADU.

Este foi um momento que procurou a recolha de testemunhos e contributos para integrar a proposta de recomendações para o Estatuto Estudante-Atleta e para o desenvolvimento de ações no âmbito do Programa de Promoção da Prática Desportiva.



O seminário começou com uma sessão de boas-vindas por parte do Presidente da AAUAv, André Reis, seguida da apresentação do tema e respetivos oradores pela Presidente da FADU, Filipa Godinho.

Na mesa estiveram Pedro Oliveira, dos Serviços de Ação Social da Universidade de Aveiro, Nuno Loureiro, ex-coordenador de Desporto da Federação Académica do Porto, e Carolina Pandeirada, Aluna do 3º ano de Bioquímica, praticante de atletismo e considerada a melhor atleta do ano na Gala da AAUAv.

No público, estiveram presentes dirigentes, técnicos e estudantes-atletas que, no final da intervenção dos oradores, tiveram a oportunidade de colocar algumas questões e esclarecer dúvidas.



Durante cerca de 3h foram debatidos diversos tópicos entre os oradores e o público. Pedro Oliveira e Nuno Loureiro deram a conhecer a realidade e as aplicações do estatuto do Estudante-Atleta nas instituições de Aveiro e do Porto, respetivamente.

Já Carolina Pandeirada manifestou a sua opinião do que pode ou deve ser alterado para benefício dos estudantes desportistas.

Entre outros aspetos, a atleta admitiu que conciliar a carreira desportiva com o percurso académico é “um desgaste muito grande e é necessário um esforço extra para gerir o tempo”. Carolina Pandeirada é a 2ª melhor aluna do curso e garantiu que para isso acontecer e para conquistar todas as medalhas que arrecada nas provas do Desporto Universitário foi preciso “abandonar um pouco a vida social”.



Para a atleta, apesar da Universidade de Aveiro “oferecer boas condições”, falta um “acompanhamento mais direto por parte de um treinador, por exemplo, que ajude a motivar nos treinos e dê o apoio necessário a não perder o entusiasmo e a força de vontade”.

Nuno Loureiro, por sua vez, mostrou a realidade das instituições da cidade invicta demarcando os estatutos da Universidade do Porto, do Instituto Politécnico do Porto e da Universidade Católica Portuguesa – Porto. O antigo coordenador do desporto da FAP realçou que “é urgente combater a disparidade de medidas implementadas nas várias instituições”, afirmando que “os estatutos não são equitativos e estão sujeitos a diferentes interpretações por parte das instituições”.

Já Pedro Oliveira destacou o trabalho feito na Universidade de Aveiro em prol dos estudantes-atletas, realçando que o Estatuto de Estudante-Atleta da instituição “consagra o desporto como um instrumento privilegiado para o desenvolvimento dos cidadãos e como um bem importante para a promoção das instituições, reconhecendo o mérito e esforço da atividade desportiva”.

Pedro Oliveira referiu as condições necessárias para usufruir do Estatuto na Universidade de Aveiro, salientando “o aproveitamento escolar no ano letivo anterior e a presença nos treinos e provas”.



Para os Serviços de Ação Social da Universidade de Aveiro, “quanto melhor for o resultado alcançado pelos atletas, melhores serão os benefícios académicos”.

“O objetivo principal é ter mais e melhores atletas a participar nas provas da FADU”, explicou Pedro Oliveira.

Após a intervenção de cada orador, foram debatidos dois principais tópicos: o historial do atleta deve contar ou não para este usufruir do estatuto? O pagamento parcial das propinas do atleta deve ou não fazer parte dos benefícios do estatuto?
As opiniões dos presentes divergiram sobre o assunto e ambas as questões ficaram em aberto.

Na sequência deste mesmo tema, a FADU organiza no próximo dia 20, contextualizado no Encontro Nacional de Direções Associativas (ENDA) em Coimbra, um Workshop sobre o “Estatuto Estudante Atleta - perspetivas e regulamentação”. O evento terá lugar no Auditório da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra e será também na perspetiva de reunir recomendações para o Estatuto Estudante-Atleta.
e-max.it: your social media marketing partner
 

Apoios Institucionais

Governo Português
IPDJ

Patrocionador Principal

Jogos Santa Casa

Parceiros

COSMOS
CISION

Membro

FISU
EUSA
COP
CPP
CDP
CNJ
FADU

Avenida Professor Egas Moniz
Estádio Universitário de Lisboa, Pavilhão nº1
1600-190 - Lisboa

e: fadu@fadu.pt
t: (+351) 21 781 81 60
f: (+351) 21 781 81 61

Newsletters

Social

ptenfr

FADU - Todos os Direitos Reservados © 2015
Desenvolvido por Drop Agency

Este website utiliza cookies que permitem melhorar a sua navegação. Ao continuar a navegar, está a concordar com a sua utilização. O que são Cookies?