1ª JC Andebol f/m: IPLeiria e AAUAv foram os mais fortes



Vila Real acolheu, nos dias 20 e 21 de novembro, a 1ª Jornada Concentrada de Andebol feminino e masculino. Mais de 200 jogadores disputaram um total de 18 jogos, 6 femininos e 12 masculinos.

A competição feminina realizou-se apenas no primeiro dia com as equipas da AAUAv, IPLeiria, NOVA, AAUE, AAC e IPG em prova.

Depois do dia de competição, o destaque vai para a equipa aveirense, o IPLeiria e a AAUE, que venceram os dois jogos que tinha pela frente nesta 1ª Jornada Concentrada.

Já a NOVA, a AAC e o IPG seguem na competição com duas derrotas cada uma, ocupando os três últimos lugares da tabela.

No masculino, a luta pelos lugares cimeiros promete ser renhida, já que a forte equipa da AAUM está ausente do apuramento, por ser a entidade organizadora da Fase Final do Campeonato Nacional Universitário.

O IPLeiria e a AAUAv foram mais fortes, ao vencerem todos os jogos que realizaram, ocupando os primeiros lugares da tabela. A equipa da Académica de Coimbra, por sua vez, conquistou uma vitória frente à AAUTAD e dois empates contra a AAUBI e o IPV.

A equipa da Beira Interior ocupa, para já, a 4ª posição depois de uma vitória pela margem mínima frente aos transmontanos (23-22), um empate contra a Académica e uma derrota frente aos leirienses.

Já as equipas da AAUE e da AAUTAD não foram além de uma vitória e duas derrotas, enquanto o IPV conseguiu apenas um empate frente à Académica de Coimbra. O IPG ocupa o último lugar da tabela com três derrotas.

A 2ª Jornada Concentrada, que será decisiva, decorre na Covilhã, já em 2015, nos dias 16 e 17 de março.

“O andebol universitário tem vindo a progredir”




Marco Afra é treinador das equipas feminina e masculina de andebol do Politécnico de Leiria, que ocuparam os primeiros lugares da classificação nesta 1ª Jornada Concentrada.

Para o técnico não há dúvidas, “as expetativas para esta época são marcar presença na Fase Final dos Campeonatos Nacionais Universitários”.

Ainda assim, Marco Afra acredita que “é cedo” para fazer grandes planos, já que “ainda faltam jogar a maior parte dos jogos, alguns dos quais com as melhores equipas do ranking”.

No que diz respeito à alteração do modelo competitivo, o treinador leiriense afirma ser “positiva, já que assim todas as equipas se defrontam e as mais cotadas no ranking deixam de partir em vantagem”.

“O andebol universitário tem vindo a progredir ao nível de jogo, pela forma como as equipas se apresentam e a obrigatoriedade de apresentação de treinador veio também melhorar a organização da competição”, concluiu.
e-max.it: your social media marketing partner
 

Apoios Institucionais

Governo Português
IPDJ

Patrocionador Principal

Jogos Santa Casa

Parceiros

COSMOS
CISION

Membro

FISU
EUSA
COP
CPP
CDP
CNJ
FADU

Avenida Professor Egas Moniz
Estádio Universitário de Lisboa, Pavilhão nº1
1600-190 - Lisboa

e: fadu@fadu.pt
t: (+351) 21 781 81 60
f: (+351) 21 781 81 61

Newsletters

Social

ptenfr

FADU - Todos os Direitos Reservados © 2015
Desenvolvido por Drop Agency

Este website utiliza cookies que permitem melhorar a sua navegação. Ao continuar a navegar, está a concordar com a sua utilização. O que são Cookies?