26ª Universíadas de Inverno bateram recordes



A província autónoma de Trento recebeu a 26ª edição das Universíadas de Inverno, entre os dias 11 e 21 de Dezembro.


Considerada por muitos uma verdadeira organização milagrosa, já que Trento substituiu, à última da hora, o candidato inicial, Maribor, esta foi também a edição com um maior número de participantes, no que às Universíadas de Inverno diz respeito.

A prova contou com 2667 participantes, dos quais 1035 atletas masculinos, 663 atletas femininos e 969 oficiais de um total de 50 países. Quanto à comunicação, foram acreditados, em Trento, 500 profissionais da comunicação social e o site oficial do evento contou com 260 mil visitantes.




Ao longo dos dez dias de competição, 21 recordes de Universíadas foram batidos e 54 atletas arrecadaram mais do que uma medalha. A Rússia foi o país que levou para casa o maior número de medalhas, seguida pela Polónia e pela Coreia.

Nestas Universíadas, a Federação Internacional de Desporto Universitário (FISU) optou por ter total controlo dos conteúdos televisivos, acabando por produzir cerca de 200 horas de quase todas as modalidades em prova. A Eurosport, com uma transmissão de 70 horas, e a CBS Sports, que levou para o ar 30 horas das Universíadas de Inverno 2013, foram os grandes media partners do evento.

Nos desportos coletivos, o vencedor do hóquei no gelo feminino foi a equipa Canadiana, seguida pelas jogadoras russas e pela equipa dos E.U.A., em terceiro lugar. Já a competição masculina de hóquei no gelo atribuiu a medalha de ouro também ao Canadá, após derrotarem, na final, a equipa do Cazaquistão. O bronze foi entregue à formação russa.




No curling masculino, saiu vitoriosa a equipa sueca, seguida pela Grã Bretanha e pelo Canadá, no segundo e terceiro lugares. No feminino, o ouro foi para a equipa Russa, enquanto a prata e o bronze foram atribuídos à Coreia e à Suiça, respetivamente.

Na cerimónia de encerramento, o presidente da FISU, Claude Gallien, mostrou a sua satisfação e gratidão para com toda a organização, participantes e voluntários que fizeram parte do evento.

“Nós trabalhamos muito para construir este grande evento, nós treinámos, treinámos e treinámos para estarmos prontos e, felizmente, conseguimos! Nós conseguimos chegar aqui apesar do calendário apertado a que nos sujeitámos. Nós desafiámos as nossas competências e, podemos dizer, conseguimos excelentes resultados”, afirmou, orgulhoso, o dirigente da FISU.




Na cerimónia de encerramento, a bandeira da FISU passou das mãos do Comité Organizador de Trento para o Presidente da FISU, que a entregou ao Comité Organizador das Universíadas de Inverno - Granada 2015.

Fonte: FISU/C.Pierre
e-max.it: your social media marketing partner
 

Apoios Institucionais

Governo Português
IPDJ

Patrocionador Principal

Jogos Santa Casa

Parceiros

COSMOS
CISION

Membro

FISU
EUSA
COP
CPP
CDP
CNJ
FADU

Avenida Professor Egas Moniz
Estádio Universitário de Lisboa, Pavilhão nº1
1600-190 - Lisboa

e: fadu@fadu.pt
t: (+351) 21 781 81 60
f: (+351) 21 781 81 61

Newsletters

Social

ptenfr

FADU - Todos os Direitos Reservados © 2015
Desenvolvido por Drop Agency

Este website utiliza cookies que permitem melhorar a sua navegação. Ao continuar a navegar, está a concordar com a sua utilização. O que são Cookies?