5º CMU Rugby 7s: Portugal arranca em grande força



Hoje, dia 11 de julho, foi o primeiro de três dias de competição no 5º Campeonato do Mundo Universitário de Rugby 7s. Não podíamos esperar melhor começo para a equipa portuguesa que venceu as duas partidas do dia, estando em 1º lugar no Grupo D. Amanhã, a Seleção Nacional Universitária masculina joga frente à equipa da Hungria às 10h45 (09h45 hora portuguesa).

A Roménia foi a primeira adversária deste mundial para os lusos. Os romenos deram o primeiro arranque no marcador que rapidamente foi empatado por um ensaio de João Silva. Após o intervalo, mais um Ensaio para Portugal, desta vez por Francisco Sousa. A Roménia ainda voltou a empatar, mas Portugal terminou em conversão. Resultado final, 17-15, deu a vitória aos portugueses.

Ao início da tarde, a Seleção Nacional Universitária enfrentava a seleção chilena. O jogo começou bem com um ensaio de João Silva e outro de Francisco Sousa, o qual converteu. Ainda na 1ª parte, Jorge Vareta colocou o resultado em 21-5. O Chile entrou na 2ª parte com um ensaio e conversão e consegui reduzir a diferença em 12-21.

‎Depressa Portugal respondeu, desta vez com um ensaio de Tomás Appleton. Os chilenos ainda voltaram a marcar mas o tempo terminou a marcar 26-19, oferecendo aos lusos mais uma vitória na fase de grupos.

Ainda no grupo D, Hungria foi derrotada pelo Chile (31-0) e derrotou a Roménia (7-3).

Amanhã pelas 10h45 (hora portuguesa) Portugal finaliza o apuramento frente à Hungria. O Chile e a Roménia jogam um pouco antes, às 10h05 (hora portuguesa).

Os jogos podem ser acompanhados em direto, bem como os resultados e classificações oficiais em http://www.wuc-rugbybrive2012.com/



ENTREVISTA
Sebastião Villax é também Capitão de Equipa junto com Jorge Vareta. Estudante na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa fala da sensação de defender as cores de Portugal. “Sinto responsabilidade antes de tudo, pois quando uma pessoa vem defender um título tem mais responsabilidade que os restantes, pode dizer-se que se apresentam como "o alvo a abater", refere.

Para o atleta do CDUL, “a preparação influenciou o espírito de equipa, porque criou uma maior união, apesar de já nos conhecermos. No entanto, o facto de estarmos em fim de época e ainda sermos requisitados pelos clubes, não proporcionou o tempo desejado juntos, como é habitual nas Seleções. Por outro lado, isso deu aso a que os jogadores se pudessem libertar mais e crescer como jogador individual, dando mérito ao trabalho dos treinadores nesse aspeto”, revela.

Sebastião conta que as expectativas são altas, pelo grupo “acessível” na fase de apuramento. “Podemos demonstrar bastante o nosso valor, mas temos equipas muito fortes a competir connosco, e aspiramos mais bons resultados”.

Apesar de este ser um ambiente universitário, o atleta finaliza que “não deixa de ser uma competição mundial exigente que merece todo o nosso respeito e total compromisso”.
e-max.it: your social media marketing partner
 

Apoios Institucionais

Governo Português
IPDJ

Patrocionador Principal

Jogos Santa Casa

Parceiros

COSMOS
CISION

Membro

FISU
EUSA
COP
CPP
CDP
CNJ
FADU

Avenida Professor Egas Moniz
Estádio Universitário de Lisboa, Pavilhão nº1
1600-190 - Lisboa

e: fadu@fadu.pt
t: (+351) 21 781 81 60
f: (+351) 21 781 81 61

Newsletters

Social

ptenfr

FADU - Todos os Direitos Reservados © 2015
Desenvolvido por Drop Agency

Este website utiliza cookies que permitem melhorar a sua navegação. Ao continuar a navegar, está a concordar com a sua utilização. O que são Cookies?